Filme difusor de luz, quando usá-lo?

filme difusor

Os filmes difusores de luz possuem aditivos que distribuem a luz dentro do ambiente protegido. Possibilitam o crescimento uniforme das plantas sem que uma faça sombra sobre as outras, conforme o movimento do sol ao longo do dia.

Resumidamente, a função do filme difusor de luz é transformar a radiação solar direta em difusa ao transmiti-la para o interior do ambiente protegido, ou seja, distribuir a luz dentro do ambiente protegido

e, consequentemente, melhorar a taxa fotossintética das plantas, a produção e a produtividade.

Seu uso é recomendado para culturas de porte alto que provocam autossombreamento como tomate, pepino, pimentão, etc., além de cultivos exigentes e de alto custo, como por exemplo, flores.

Plantas de porte mais alto e com considerável quantidade de folhas, como tomate, pimentão, pepino e pimenta tendem a formar maior área de sombra dentro do ambiente protegido. Mesmo estando no espaçamento correto, um simples erro na adubação nitrogenada que coloque mais nitrogênio que o necessário já pode provocar mais desempenho vegetativo do que produtivo na planta.

Este elevado desempenho vegetativo e sombreamento podem reduzir a taxa fotossintética da planta, além de provocar gasto energético com folhas em vez de flor e fruto. Tudo isso pode ocasionar diminuição e perda na produção e produtividade.

 

A solução

O filme difusor de luz pode distribuir melhor a luz dentro do ambiente protegido e diminuir os problemas  e sombreamento ocasionados pelo desempenho mais vegetativo do que produtivo da planta.

Esta difusão de luz pode melhorar a taxa fotossintética das plantas e, consequentemente, a produção,  produtividade e lucro do produtor.

É importante ressaltar que a produção depende de vários fatores, e não é somente o filme difusor de luz que irá realizar milagres.

Eu acredito que o maior milagre na agricultura se chama ‘manejo’, e não a remediação quando o problema na produção já está instalado.

Este milagre chamado manejo está presente desde a escolha da área até a comercialização, passando por preparo, adubação, fertirrigação, irrigação, controle de plantas daninhas, pragas e doenças, tratos culturais, uso de mão de obra qualificada, gerenciamento da propriedade como empresa e não de qualquer jeito, uso de tecnologias e assistência técnica qualificada.

O filme difusor é somente uma das tecnologias que pode ocasionar sucesso à produção.

 

Resultados em campo

Melhor distribuição da luz no dossel das folhas das culturas, menor temperatura da cultura, redução na transpiração e no aumento da fotossíntese, crescimento e produção são alguns dos resultados observados em campo, quando do uso do filme difusor.

Existem relatos de trabalhos indicando que o potencial da produção de pimentão pode ser aumentado em até 06%. Em produção de rosas, observou-se aumento de até 5,2% no número de flores. Acompanhe também: O benefícios no plantio de flores e plantas em estufas agrícolas.

 

Edvar de Sousa da Silva

Doutor em Agronomia/Horticultura e professor do Instituto Federal do Acre